Sexta-feira, 19 de julho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]

BLOGS E COLUNAS

Estigmas

14/06/2024 14h34

Estigmas são marcas que aparecem no corpo, especialmente nas mulheres, possuindo formas lineares ou pontiformes. Nos últimos sete séculos, registrou-se apenas dois casos de estigmas masculinos. Essas marcas aparecem nas histórias de santos como Francisco de Assis, Santa Teresa d'Ávila e Padre Pio, além de místicos ou iogues.


Em 1224, quando São Francisco pregava no Monte Alverne, nos Apeninos, apareceram cicatrizes que correspondiam às cinco chagas do Cristo crucificado. Esses estigmas permaneceram até o final de sua vida e teriam sido o motivo de seu enfraquecimento e sofrimento físico. As estigmatizações aumentaram progressivamente por dois anos, levando-o à cegueira, até que morreu, no dia 3 de outubro de 1226.


O fenômeno ocorre principalmente para os fiéis da religião cristã, onde os estigmas têm uma peculiaridade: surgem na Sexta-feira da Paixão e reproduzem as cinco chagas de Jesus. Dias depois, o estigma desaparece. O corte se fecha muito rapidamente e a pele volta ao seu estado normal.


O estigma também não evolui, ou seja, não cicatriza, não aumenta e não se infecciona. As marcas podem ser apenas superficiais, como um avermelhamento da pele. As mais sérias, perfuram e atravessam o corpo. Para a psiquiatria, a estigmatização ocorre em quase sua maioria pela desordem nervosa ou casos de histeria do estigmatizado.


Um dos casos mais conhecidos ocorreu com Teresa Neumann, que viva na Baviera e jejuou durante trinta e seis anos, de 1926 a 1962. Na Sexta-feira Santa, os estigmas apareciam.


Um controle rigoroso realizado durante quinze dias feito por cientistas, pesquisadores e observadores juramentados permitiu verificar que nesse período, além do aparecimento das marcas, também ocorreu a "inédia", ou seja, o fato de não se alimentar, e mesmo após ter perdido quatro litros de sangue e de suor, seu peso voltava ao normal no dia seguinte.


O resultado foi surpreendente: não havia qualquer possibilidade de fraude, pois os estigmas eram vistos se formando "sob os olhos" dos observadores. Seria o inconsciente de Teresa? Creio que, ao estudar fenômenos como este, podemos ter uma ideia do poder mental que ainda desconhecemos nos seres humanos.



MONICA BUONFIGLIO
Magia dos Anjos
Monica Buonfiglio é editora e escritora, com 50 livros publicados. É também comunicadora da Rádio Mundial. Foi recordista de vendas, permanecendo na lista dos mais vendidos com três obras no ranking de best-sellers. Seus livros foram lançados também em outros países. Recebeu vários prêmios e homenagens por sua contribuição à cultura e educação no Brasil e no exterior.
CARREGAR MAIS
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.