Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]

BLOGS E COLUNAS

Caixa forte

01/12/2021 17h33

Após aprovar na Assembleia Legislativa que o Estado injete em obras federais mais de R$ 465 milhões, algo até então inédito na política local, o governador Carlos Moisés anunciou que teria disponibilidade para oferecer à União mais 50 milhões para obras na BR-282, possibilitando investimentos no conhecido “corredor do Mercosul”.


É possível concluirmos duas situações: a primeira é a ausência quase absoluta do governo federal em Santa Catarina. Mesmo com a maior votação proporcional do país, Jair Bolsonaro faz pouco caso desse reconhecimento e deixa o Estado como ente de 3ª linha.


Por outro norte, tais fatos demonstram a responsabilidade e modelo administrativo de sucesso implantado pelo governo estadual. Ter em caixa dinheiro para emprestar ao país é algo particularmente raro.



INACEITÁVEL


Os senadores catarinenses Esperidião Amin (PP) e Jorginho Mello (PL) votaram contra a transparência dos gastos do chamado “orçamento secreto”. É inaceitável.


Admira-se que um pretendente a sentar na cadeira mais importante do Estado, o senador Jorginho Mello, posicione-se  a favor dos segredos, das artimanhas e da falta de responsabilidade com o seu eleitor.


Para ser governador, queremos limpidez, probidade e, principalmente, distância do malfeito, algo com o que, pelo jeito, Jorginho Mello parece não se importar.



INACEITÁVEL II


Não menos tolerável foi a abstenção do senador do MDB Dário Berger. Pior do que posicionar-se equivocadamente é não se posicionar.



SABATINA


O Senado Federal aprovou o nome de André Mendonça para ser o novo ministro do Supremo Tribunal Federal.


O indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, enquanto ministro da Justiça, mobilizou o aparato estatal para investigar críticos ao governo, em claro movimento autoritário.


André é um armamentista declarado, contra o aborto em casos de microcefalia e defende questionamentos à homossexualidade (não custa ressaltar que estamos em 2021).


O agora ministro do STF era também, vejam só, a favor do fechamento da Suprema Corte. Quanta ironia, não é mesmo?



STF


Ainda sobre a suprema corte brasileira, na última quarta-feira o ministro Gilmar Mendes votou pela manutenção do foro privilegiado a Flávio Bolsonaro por atos cometidos fora do mandato de senador, contrariando entendimento da própria corte.


O controvertido ministro, odiado por 10 em cada 10 bolsonaristas, manifestou-se que na elaboração dos relatórios do Coaf houve irregularidade. Segundo Gilmar Mendes, “houve uma investigação disfarçada”.



STF II


Nota-se que a turma que decidiu a favor de Flávio Bolsonaro é composta por Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Nunes Marques, esse último recém-indicado por Jair Bolsonaro.


E, vejam só, a linha argumentativa dos três foi a mesma utilizada para absolver o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


E agora, paladinos da moral e dos bons costumes, quando iremos para a frente do STF gritar por justiça?


Ou o STF é ruim só quando ajuda o lado oposto do qual defendemos?



BOAS NOVAS


A notícia de que foi aprovado projeto de lei para que possa ser concedida à iniciativa privada a utilização das placas que dão nome às ruas da cidade, utilizando-se comercialmente delas, é revigorante.


Tubarão tem progredido a olhos vistos. A cidade está a cada dia mais interessante e não cabe mais andar pelo município sem que as vias estejam devidamente identificadas.


Bola muito dentro do Executivo municipal.



IMBITUBA


Assim como em outros municípios do nosso litoral, Imbituba teve lei aprovada proibindo o trânsito e o estacionamento de veículos automotores nas praias, dunas e entorno de lagoas.


A prefeitura local terá a obrigação de delimitar bolsões de estacionamento, mas também irá implantar obstáculos para proibir o acesso às praias locais.


A julgar pela quantidade de veículos nos fins de semana na praia do Gi, Laguna deverá ser a próxima a sancionar lei de mesmo teor.



ASSIM É FÁCIL


A delegada da Interpol Dominique de Castro Oliveira, responsável pela extradição do blogueiro Allan dos Santos, um dos ferrenhos defensores do atual governo, foi sumariamente exonerada.


As sucessivas intervenções do governo federal nas instituições até pode equacionar problemas de forma imediata, mas há consequências e, nas pesquisas, já se percebe o quão danoso são tais interferências.

JOÃO MARCELO
João Marcelo Fretta Zappelini
Formado em Direito pela Unisul, João Marcelo é empresário e proprietário do Cabanas Termas Hotel e da cervejaria Zappa Bier, em Gravatal. Tubaronense observador da cidade, escreve sobre assuntos do cotidiano.
CARREGAR MAIS
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.